"Acreditando na magia que existe na educação! Buscando ser a mudança que quero ver no mundo"!
CONTATOS: sunamitamagalialbuquerque@hotmail.com /sunamitanativaoliveira@gmail.com

quarta-feira, 8 de abril de 2009

EXISTEM ÍNDIOS EM PERNAMBUCO?

1. Xukuru 2. Kapinawá 3. Kambiwá 4. Atikum 5. Truká 6. Pankararu 7. Tuxá 8. Fulni-ô (ainda há os Pankaiuká,Pankará e Pipipã)


Ao contrário do que muita gente pensa, há no estado de Pernambuco 11 etnias indígenas, e muito mais próximos de nós do que imaginamos, como poderá ser conferido nestes mapas.



Atualmente, segundo a Fundação Nacional do Índio (Funai), vivem em Pernambuco um total de 25.726 remanescentes dos povos indígenas que primitivamente habitavam no Estado.

Eles estão assim distribuídos:

*Pankararu, 4.062 pessoas;

*Kambiwá, 1.400;

*Atikum, 4.506;

*Xucuru, 8.502;

*Fulni-Ô, 3.048;

*Truká, 2.535;

*Tuxá, 47;

*Kapinawá, 1.035;

*Pipipãs, 591 pessoas.

Sobrevivendo em situação precária e, muitas vezes, sendo mortos em emboscadas como vem ocorrendo desde 1986 com os Xucurus, no município de Pesqueira, esses remanescentes indígenas ainda guardam um pouco da cultura dos índios pernambucanos, massacrados ao longo dos séculos.

Veja, aqui, um resumo da história de cada uma dessas tribos de Pernambuco:

- As tribos Fulni-Ô: Também conhecidos como Carnijó ou Carijó, vivem do artesanato e agricultura de subsistência no município de Águas Belas. Conservam o idioma Yathê e alguns rituais como o Ouricuri.

- Kambiwá: O grupo ocupa uma área de 27 mil hectares de terra entre os municípios de Ibimirim, Inajá e Floresta, desenvolvendo agricultura de subsistência.Pankararu: Seus remanescentes estão distribuídos em 14 mil hectares de terra entre os municípios de Tacaratu, Jatobá e Petrolândia, conservando algumas de suas festas tradicionais como a Festa do Menino do Rancho e o Flechamento do Umbu.

- Atikum: Esses índios ocupam uma área de 16 mil hectares no município de Carnaubeira da Penha, vivem da agricultura de subsistência.

- Xucuru: Vivem na região da Serra do Ororubá, município de Pesqueira, conservam algumas festas religiosas como a de Nossa Senhora da Montanha e praticam a agricultura de subsistência.

- Truká: Grupo de remanescentes indígenas que vivem da agricultura no município de Cabrobó.

- Kapinawá: Vivem na localidade de Mina Grande, no município de Buíque.

- Tuxá: Grupo de 41 índios assentados em um acampamento da Chesf, no município de Inajá, depois que suas terras foram inundadas pelo lago da hidrelétrica de Itaparica.

- Pipipã: Esses índios viviam nas caatingas entre os vales dos rios Moxotó e Pajeú e foram praticamente dizimados em meados do século XVIII. Atualmente, existe um pequeno grupo de remanescentes no município de Floresta, na região do Rio São Francisco.

- Os índios Pankará habitam os municípios de Carnaubeira da Penha e Floresta. Tem uma população de aproximadamente 1.025 pessoas. É a única tribo que tem uma mulher como cacique!

- Acerca dos Pankaiuká, sabe-se apenas que habitam no município de Jatobá, e o número de pessoas da tribo é desconhecido.

FONTES:

"A retomada Indígena" em:

(htpp://www2.uol.com.br/jc/sites/indios/cultura2.htm)

http://www.pe-az.com.br/indios/indios.htm

htpp://maniadehistoria.wordpress.com

Mapa 1: História - Pernambuco (Francisco M.P. Teixeira)

Mapa 2: Organização e pesquisa: a editora

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails