"Acreditando na magia que existe na educação! Buscando ser a mudança que quero ver no mundo"!
CONTATOS: sunamitamagalialbuquerque@hotmail.com /sunamitanativaoliveira@gmail.com

quarta-feira, 27 de maio de 2009

JUSTIÇA PERSEGUE POVO XUKURU DO ORORUBÁ

Foi publicada a última sentença dos cinco processos que resultaram nos incidentes ocorridos no dia 07 de fevereiro de 2003, na Terra Indígena Xukuru, quando da reação da Comunidade Indígena ao atentado contra vida de seu cacique e que resultou na morte de dois índios que o acompanhavam.

Os acusados nesse processo são PAULO FERREIRA LEITE, ARMANDO BEZERRA COELHO, RINALDO FEITOSA VIEIRA, RONNALDO JORGE DE MELO E MARCOS LUIDSON DE ARAÚJO.

Os quatro primeiros foram condenados a pena de quatro anos e oito meses de reclusão, no regime incialmente fechado, além de 34 dias multa. Já o cacique Marcos foi condenado a pena de 10 anos e quatro meses de reclusão, inicialmente no regime fechado, além de 33 dias multa. Todos deverão aguardar em liberdade o trânsito em julgado da sentença penal condenatória. Solidariamente, os réus foram condenados a pagar R$ 50000,00 de indenização pelos prejuízos causados.




Desde que se iniciaram as retomadas do povo Xukuru as terras que sempre foram deles e, que haviam sido usurpadas por grandes proprietários, fazendeiros e políticos da região, com forte apoio de políticos conhecidos nacionalmente, como é o caso do ex-vice Presidente da República Marco Maciel, o povo Xukuru vem sendo alvo de retaliações, vítimas de assassinatos, como ocorreu com o Cacique Xicão e outros, e agora, com manobras da Justiça, que de cega não tem nada, na tentativa de desmoralizar a luta LEGÍTIMA E INCONTESTÁVEL do povo Xukuru por seus direitos.


É perceptível e evidente a que propósitos a justiça pernambucana está servindo, condenando a prisão os líderes do povo Xukuru, inclusive seu Cacique Marcos Xukuru (foto).


A sociedade precisa mobilizar-se a fim de dar um basta neste retrocesso do desenvolvimento humano. Onde isso vai parar?? Se continuarmos aceitando ações inescrupulosas como estas e arbitrárias de um poder que deveria defender os que dela necessitam, em breve estaremos nos filiando a Klan e torcendo para que ressucitem Adolf Hittler.


ISSO TEM QUE PARAR. 500 JÁ FORAM SUFICIENTES.

BASTA!!


Caro Sandro e demais irmãos e irmãs no indigenismo,


Lamento muito, por ter sido esse o desfecho da situação deste processo. Estamos solidários com o povo Xukuru, de modo especial com os condenados por lutar por seus direitos. Hoje ao saber deste linchamento moral e condenatório ficamos mais do que triste com esse resultado, ficamos indignados. Aqueles que lutam encontram no Estado seus algozes mais perversos e cruéis. Força Xukuru, estamos juntos neste momento tão difícil da caminhada. Os moinhos satânicos têm imprimido nesta história uma força tão pesada que a dignidade humana é colocada numa prensa maquiada com a idéia de "justiça" que o sangue dos inocentes são suco de uva para aqueles que criminalizam os guerreiros da PAZ. Tamain e Tupã choram por esse massacre, mas a justiça deles há de vingar a justiça que os homens têm aplicado como vingança pela ousadia dos Xukuru em mudar a lógica fundiária desta região do agreste Pernanbucano.

Roberto Saraiva


POVO XUKURU, ESTAMOS COM VOCÊS! FORÇA GUERREIROS/AS!! CONTEM CONOSCO!!
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails