"Acreditando na magia que existe na educação! Buscando ser a mudança que quero ver no mundo"!
CONTATOS: sunamitamagalialbuquerque@hotmail.com /sunamitanativaoliveira@gmail.com

sábado, 26 de setembro de 2009

GESTÃO ESCOLAR E EMPRESARIAL: CURSO DE PEDAGOGIA DA UVA DE GRAVATÁ, RECEBE VISITAS ILUSTRES


SEMINÁRIO APRESENTADO POR ALUNOS DO CURSO DE PEGADOGIA DA UVA EM GRAVATÁ, NA DISCIPLINA DE GESTÃO ESCOLAR E EMPRESARIAL, TROUXE PARA A SALA DE AULA ATÉ O PREFEITO DE AMAJÍ-PE

A proposta apresentada pelo Prof° José Carlos, pedagogo, funcionário da UVA, foi levada a sério pelos alunos do 3º período, em apresentar e discutir: Gestão Política, Gestão Hospitalar, Gestão Comercial, Gestão de ONGs, Gestão Escolar.

O seminário contou ainda com a presença do secretário da indústria e comércio de Gravatá, Sr. Arnaldo, da Sra. Valéria, presidente da CDL Gravatá e, do Sr. Edson, dirigente da ONG GAMR - Grupo de Apoio a Meninos de rua, inclusive com a apresentação da Banda de Pífanos, que além de demonstrar a importância do trabalho desenvolvido por esta ONG social, colocou todos os espectadores para dançar ciranda.





GAMR, com o fundador e diretor da ONG - Edson, Prof. José Carlos com o grupo do 3º período de Pedagogia




Prefeito de Amarají-PE, Sr. Jânio Gouveia

Os alunos realizaram entrevistas, elaboraram vídeos e foram além: convidaram pessoas ilustres para participar da apresentação, e abrilhantar o trabalho.
Um grupo, convidou o prefeito de Amarají, o Sr. Jânio Gouveia, que de forma nobre, expôs seus desafios mas também, os avanços de sua administração.
O prefeito revelou dados relevantes para a platéia atenta, na área da educação, especialmente, como por exemplo, o pagamento do piso salarial dos professores, que hoje recebem em início de carreira, mais de R$ 700,00. Curiosamente, Amarají depende apenas do FPM, verba federal, para sobreviver. Não há praticamente pagamento de IPTU nem outros recursos para sustentar a cidade.





Ele revelou ainda a satisfação que está tendo com dois grandes trabalhos. Um, trata do caminho percorrido por 120 famílias de volta ao campo, através de um assentamento, diminuindo o número de pessoas na periferias e outro, a mudança na prática da monocultura, lá, da cana-de-açúcar, que aos poucos começa a dar lugar ao Projeto Mandala, onde o agricultor produz de tudo um pouco, de forma sustentável.

O prefeito deu uma aula de gestão, inclusive revelando que, favoreceu "inimigos" políticos custeando o curso de graduação iniciado em outra gestão, para pessoas que ocupavam cargos de confiança do ex-prefeito.
Em breve, apresentaremos com mais detalhes o trabalho desenvolvido pelo GAMR, através de Edson, fundador do projeto.

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails