"Acreditando na magia que existe na educação! Buscando ser a mudança que quero ver no mundo"!
CONTATOS: sunamitamagalialbuquerque@hotmail.com /sunamitanativaoliveira@gmail.com

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

ÀS GUERREIRAS ALEXSANDRA MARY E ADRIANA GOMES


"Mulher virtuosa, quem a achará? O seu valor muito excede ao de rubis". (Pv.31:10)
Em uma sociedade historicamente machista como a nossa,  ainda se faz necessário exaltar o trabalho de algumas pessoas, destacando o gênero a qual pertendem - neste caso, feminino.

Desde a Grécia Antiga, as mulheres são reverenciadas por sua beleza e delicadeza, passando a ser considerada o sexo frágil há muitas gerações, contudo, no século XXI, uma singela mudança postural alterou essa configuração, legando a mulher uma força até então renegada.

Da sutileza das deusas gregas e romanas, inantigíveis, chegamos as Amazonas, guerreiras, combatentes, altruístas, capazes de mudar a história de um país através de sua espada, se assim fosse necessário, tal qual Shena - a princesa guerreira.

Nesse misto de evoluções e conquistas, encontramos duas jovens e belas mulheres, com aparência frágil, mas de uma força impressionante. Se estivessemos em  Roma ou na Grécia, certamente elas seriam fariam parte do Olimpo, poderiam ser deusas. Aqui, são heroínas. Igualmente guerreiras. Mulheres, esposas, mães, profissionais. Recém chegadas a Escola  Municipal John Kennedy, não retrocederam em nenhum momento diante das diversas dificuldades e desafios que encontraram.

Uma  escola com um perfil bem peculiar as escolas que atendem um público de periferia, com todas as suas particularidades, mais de cinquenta funcionários, com diferentes formas de pensar e agir, alguns professores desmotivados em meio a tantos problemas... enfim, um cenário que poderia configurar ou um perfil de autoritarismo, como procedem alguns gestores desavisados da situação efêmera do cargo, ou, o que realmente fizeram estas duas jovens mulheres: arregaçaram as mangas e abraçaram a escola John Kennedy, com todas as suas particularidades, mas contemplando a  acreditando em todas as suas potencialidades.

É notável e notório o clima de confraternização que há entre a maioria dos funcionários atualmente. Não digo todos, porque nem Jesus Cristo é unanimidade, mas as mudanças são visíveis. 2011 foi apenas o começo. Foi um ano para arrumar a casa, testar possibilidades. Que venha 2012. Certamente, será um ano muito mehor, com muitas conquistas e realizações.

Parabéns Alexsandra Mary e Adriana Gomes, por serem persistentes, virtuosas, e por terem conseguido agregar tantas coisas positivas para  a formação de nossos futuros cidadãos, através do respeito aos funcionários e a comunidades escolar John Kennedy.Só falta agora conseguirem mudar esse nome da escola. Merecemos receber o nome de um de nossos heróis. Seria uma coroação! Que Deus as abençoe!
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails