"Acreditando na magia que existe na educação! Buscando ser a mudança que quero ver no mundo"!
CONTATOS: sunamitamagalialbuquerque@hotmail.com /sunamitanativaoliveira@gmail.com

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

ENQUANTO A LEI (11.645/08) NÃO "PEGA"...

Povo Guarani Mbyá - ES (Foto: Google)

VAMOS COMBATER O DESCONHECIMENTO SOBRE OS POVOS INDÍGENAS DO BRASIL. PROFESSOR, FAÇA SUA PARTE!!

Não tem jeito. Leis no Brasil precisam "pegar", para serem cumpridas. Desde 2003,  o estudo e ensino sobre os afrobrasilerios deveria ser obrigatório nas escolas, até a alteração da lei para inclusão do estudo e ensino sobre os povos indígenas em 2008, deveria ser comum nas escolas brasileiras, mas o que se tem notícia, inclusive com grande divulgação em diversos blogues de româmticas professoras, são apenas fotos feitas no dia 19 de abril, de alunos com o rosto sujo de pinta (porque os traços feitos não caracaterizam nenuhma pintura corporal indígena), enfeites de papel crepon simulando penas de aves, e as vezes, ate´aquela roupinha típica dos indígenas americanos, sem falar na musiquinha da Xuxa "vamos brincar de índio".
Ainda escuto professores questionarem acerca da abordagem sobre os povos indígenas, fora do dia 19 de abril. Durante esses últimos quatro anos, dedicados ao estudo sobre os povos indígenas, aprendi que discutir esses questionamentos, é desprender energia à toa. Vamos ao que interessa. Desde já, sugerimos diversos materiais para pesquisa, para quem deseja de fato, não apenas cumprir com o que determina a lei, mas para quem, como educador (a), sinta a responsabilidade histórica e social diante da implementação desta lei, além de se permitir aprender com a riqueza cultural destes povos. Mãos à obra!!


Documentários: 

Entre riso e sabedoria
 
Letícia Sabatella e Gringo Cardia transportam para a tela a alegria contagiante da tribo Krahô, que vive em Palmas. Não se trata simplesmente de um estado de espírito privilegiado. Os mais jovens entram em contato com as tradições do povo através de brincadeiras. As festas, mais do que simples comemorações, reúnem integrantes de outras aldeias. Simpático registro do cotidiano indígena, “Hotxuá” (termo que significa sacerdote do riso) saiu premiado do Festival de Cuiabá e do FestCine Amazônia.

A vastidão da paisagem e a partitura sonora da natureza imperam na tela. Ocasionalmente, os diretores recorrem a entrevistas que destacam a dificuldade de preservar a terra e conseguir alimento. Os índios ressaltam a importância de conservar as relações. A oscilação entre o registro dos costumes e a busca do depoimento faz com que a estrutura do documentário resulte um pouco indefinida. A seriedade da realização, porém, permanece inalterada.(Daniel Schenker - O Globo | 15:26h | 16.FEV.2012)



Lendas e Mitos Indígenas: Como a Noite Apareceu

A Politeama Produções convida para assistir o lançamento do vídeo digital “Como a Noite Apareceu” em transmissão simultânea por este blogspot, na Aldeia Temática Tekoa Mirim, construída para as gravações do vídeo. Lenda da origem da noite da etnia “Guarani Mbyá” (Espírito Santo – Brasil).
 
COMO A NOITE APARECEU 
Sinopse:
Muito antigamente, antes da chegada do homem branco à terra dos guaranis, quando a noite ainda não existia, o jovem guerreiro Abarayra sai pelo mundo à procura de uma mulher para casar.
A escolhida é Yanhuri, a belíssima filha da mítica Cobra Grande.
Porém, logo após o casamento, movidos pela curiosidade, os dois amigos de Abarayra abrem um coco proibido, desencadeando uma série de misteriosos acontecimentos. 




 É um filme sobre o conflito ao redor da terra entre indígenas Guarani Kaiowá e latifundiários na região de Dourados, Mato Grosso do Sul. Para além desse tema central que é a questão da terra, o filme passa por muitos outros aspectos, como o suicídio e alcoolismo entre os indígenas, o estereótipo que é imputado à esses povos, a relação de poder entre índios e a sociedade nacional, entre outros assuntos delicados e que vários trabalhos acadêmicos brasileiros tentam dar conta  ao abordar , refletir e propor idéias.


 Clique na imagem a assista o trailler

Outros filmes, que embora não sejam sobre Indígenas Brasileiros, contribuem bastante com a elucidação de várias questões, ajudando a combater a falta de conhecimento sobre o assunto:

- Cavalo Louco (Crazy Horse): http://www.imdb.com/character/ch0030939/ 
- Touro Sentado (Sitting Bull): http://www.imdb.com/character/ch0034734/ 
- Nuvem Vermelha (Red Cloud): http://www.imdb.com/character/ch0141820/
- Enterrem meu coração na curva do rio
- A Missão
- Dança com Lobos

Para os "sem-preguiça", sugiro que não abram mão da leitura de "A Marcha para o Oeste", de Orlando Villas Boas, "Os índios e a civilização", de Darcy Ribeiro. É um começo!!Depois, chegarão aos livros organizados por Aracy Lopes, Manuela Cunha, Florestan Fernandes, Bartolomeu Melià...
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails