"Acreditando na magia que existe na educação! Buscando ser a mudança que quero ver no mundo"!
CONTATOS: sunamitamagalialbuquerque@hotmail.com /sunamitanativaoliveira@gmail.com

sábado, 27 de novembro de 2010

V MOSTRA CULTURAL DA ESCOLA RECREIO: DEMONSTRAÇÃO DE COMO SE FAZ EDUCAÇÃO DE VERDADE!!

 
TEMA DA MOSTRA CULTURAL: "UM VIZINHO CHAMADO ÁFRICA DO SUL"
  
Este depoimento que escrevo agora, não é apenas como educadora comprometida e apaixonada pela educação, muito menos como uma simples blogueira, atividade que me completa por me permitir adentrar no mundo mágico das palavras mas, também como mãe dos alunos da Escola Recreio - Giovana Beatriz de Oliveira Albuquerque, da turma do maternal I e de Guilherme de Oliveira Albuquerque, da turma de aceleração. Meu filho está com 07 anos e tem Síndrome de Down.

Confesso que de início, ao tomar conhecimento do tema proposto pela equipe escolar achei um tanto improvável que as crianças conseguissem acompanhar as temáticas a serem desenvolvidas pelo projeto. Achei-as tão novinhas para "entender" o apartheid, a savana e outros assuntos que envolvem o rico continente africano que, julgava não haver possibilidade de interação por parte das crianças.

Acompanhando a empolgação da minha filha, falando do elefante e da girafa, dois dos animais que foram estudados pelo maternal 1, comecei a ficar ansiosa para ver o resultado, mas confesso que ainda um pouco incrédula com o que meus filhos fariam na  culminância.

Meu depoimento de mãe-coruja acaba aqui (ao menos, em parte). Agora, quero registrar o que a educadora, com 10 anos de sala de aula, estudante universitária viu e sentiu na última sexta-feira (26) ao assistir a apresentação dos alunos do Maternal 1 e 2, Jardim, Alfabetização e Aceleração. Enumero três pontos (mas, poderiam ser uma centena) de questões que avalio como imprescindíveis para que haja ensino-aprendizagem em uma instituição séria e comprometida com a educação:

1º ponto: Crianças com 3 anos, relatando o que aprenderam, com segurança diante de uma plateia de pais e alunos de outras escolas, demonstra a auto-confiança que é trabalhada na escola. As crianças se apresentaram com autonomia, o que só vemos em alguns poucos jovens de outras escolas particulares e públicas.

2º ponto: Inclusão educacional em sua forma mais ampla de expressão e verdade.
A sala de Aceleração foi criada para atender as necessidades específicas de crianças com comprometimento no desenvolvimento cognitivo (aprendizagem) e, atende atualmente quatro crianças, dentre elas, meu filho Guilherme. Além de trabalhar a inclusão numa perspectiva verdadeira, sem demagogia ou discurso evasivo, a equipe da Escola Recreio acredita no potencial dessas crianças.

3º ponto: sincronia, harmonia, objetivos em comum, metas traçadas e estabelecidas da equipe educacional, desafios abraçados - professores e gestora.

Pela primeira vez, em 04 anos desde que frequenta a escola, incluindo algumas das mais renomadas do município de Gravatá, meu filho se apresentou para uma plateia, tocando atabaque, numa roda de capoeira!

Ele olhava para a Professora Nice  e ao receber o estímulo e encorajamento dela para que tocasse, executou a ação com maestria (esse julgamento é de mãe!!), demonstrando confiança na professora. Quem é mãe de uma criança com Down sabe o que isso representa!

Em todas as salas, as crianças apresentaram tudo o que aprenderam durante o desenvolvimento do projeto, que teve de tudo um pouco: dança do elefante, degustação da culinária afro-brasileira como feijoada e acarajé, além de uma gincana, no final do evento que arrecadou alimentos, roupas e brinquedos para o Projeto O Caminho, que atua no CAIC.


ISSO É QUE É EDUCAÇÃO! O RESTO, PRECISA VOLTAR PARA A ESCOLA! (Já fiz minha matrícula!!)




















Guilherme, curvando-se para escutar o som que estava produzindo!

Tia Nice, Professora da Turma de Aceleração com os alunos Felipe e Guilherme
Larissa - aluna da classe de Aceleração
Tia Nice com Vitória, aluna da Aceleração, mandando um beijão! Olha só o tamanho do bico!!





Equipe Recreio:
Josiane Silva (Tia Nany), Flaviane (Tia Flavinha), Claudilene Arruda (Tia Clau), Tamires Espindola (Tia Tamires), Nice Santiago (Tia Nice),  Tia Ana Roberta  - Lidiane Dias  (Tia Lili - diretora e idealizadora da Escola Recreio).



ESCOLA RECREIO
RUA VEREADOR ELIAS TORRES, 152 - AO LADO DA PRAÇA DEZ
FONE: 3533 1151


Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails