"Acreditando na magia que existe na educação! Buscando ser a mudança que quero ver no mundo"!
CONTATOS: sunamitamagalialbuquerque@hotmail.com /sunamitanativaoliveira@gmail.com

domingo, 4 de julho de 2010

LEITOR POETA


FELICIDADES SUPERFICIAIS


Essa é forma que caminha a maioria da humanidade

Vivendo deliberadamente as efêmeras felicidades

Em suas buscas desenfreadas tentando absorver

O que mesmo sem Cristo acharem ser prazer

Sendo obsessivos por tudo que a carne vive sequiosa

Atrás das pseudo-alegrias supostamente mais gostosas

Apostando tudo em concupiscências, vícios e as vaidades

Que são os frutos de corações repletos de superficialidades

E direcionados pela mentalidade além de radical, insensata

Seus espirituais são apertados por essa forma de gravata

Sem nunca terem tempo para escutar sua consciência

E dessa forma é impossível crescerem em sapiência

Sei que é inerente aos humanos buscar contentamentos

Mas se lhes faltarem rédeas sofrerão descarrilamento

Muitos vão dizer: A vida é minha vivo-a como quiser

Esses vivem 99% pela teimosia e talvez 1% pela fé

Não faço apologia para alguém tudo reprimir

Só provoco as pessoas verem até onde podem ir

Porque o tal livre arbítrio não deve ser subentendido

Fazer o que quer deixando Cristo á margem e esquecido

Perceba que nem Deus te criou para ser robotizado

Então busque discernimento para não ser degenerado

Nem pense que atingirá a felicidade com mais plenitude

Se cada dia você só der passos para diminuir suas virtudes

Entendam que conquistar boas felicidades

Não é dá vazão para ilógicas intensidades

Ou conduzir o corpo rápido à exaustão

Mas vivermos tudo sem precipitação

Letra: Fernando Arábia
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails