"Acreditando na magia que existe na educação! Buscando ser a mudança que quero ver no mundo"!
CONTATOS: sunamitamagalialbuquerque@hotmail.com /sunamitanativaoliveira@gmail.com

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

POR FAVOR, RESPEITEM MINHA INTELIGÊNCIA!!

Ultimamente minha “caixa postal” anda lotada. Quase não consigo dar vencimento a tantos e-mails que chegam diariamente enviados por gente que nem conheço. O assunto da hora é a política, nada mais normal, uma vez que estamos às vésperas de mais uma eleição. O que me espanta é a enxurrada de denúncias contra a candidata do Governo a presidência, Dilma Rousseff. Já a pintaram como a mais cruel e perigosa terrorista, perita em armas, bombas e coquetel molotov. Já a acusaram de seqüestradora, assaltante de bancos, torturadora, e assassina - com direito a xerox de sua vasta ficha criminal relacionando cada um de seus crimes – como é que essa mulher ainda está solta por aí??? – E tudo isso com o aval do seu criador, que, na realidade, usa aquela barba sinistra para esconder sua verdadeira identidade. Seu verdadeiro nome não é Lula e sim, pasmem, HITLER. Sim, caros amigos, toda aquela história de menino pobre, ex-metalúrgico e líder sindical faz parte de uma farsa para esconder a verdadeira história do líder nazista que se fingiu de morto e se escondeu no Brasil durante todo esse tempo. Portanto, a sigla “PT” não significa Partido do Trabalhador, mas “Partido do Tinhoso”, antigo Partido Nazista. Mas os atributos malignos de Dilma não se limitam à militância armada ou política. Segundo esses bem intencionados internautas, uma vez no poder, ela vai dar continuidade a um plano diabólico que a muito vem sendo tramado nos bastidores do inferno. Primeiro, ela vai legalizar o casamento gay e o aborto, e ai de quem se opor, porque uma só menção contrária poderá render ao opositor cadeia, sem direito a julgamento nem defesa. Vai ser cassada a liberdade de culto. Programas religiosos no rádio e na TV, nem pensar. A imprensa vai ser censurada. Mas tudo isso será só o princípio da Grande Tribulação. Vocês sabem quem é o vice de Dilma? MICHEL TEMER! Ele mesmo, o pai de Daniel Mastral, o grande cabeça dos satanistas. Aliás, os satanistas já tem um grande plano em andamento. Dilma ganhará as eleições “nem que Deus não queira” Mas tal qual Tancredo Neves, ela será eleita mas não governará. O diabo a ferirá e ela ficará terrivelmente doente, vítima de um câncer maligno que ela carrega há muitos anos e só está esperando o momento certo para se manifestar. E quem assumirá o poder? Tcham, tcham, tcham...o vice, claro, Michel Temer, o pai dos seguidores do “tinhoso”. A intenção do diabo é clara: dominar todo território brasileiro liberando potestades e principados no ar, terra e mar.

Eu gostaria de aproveitar esse espaço para fazer um apelo a todos que têm me enviado essas mensagens: “POR FAVOR, ME EXCLUAM DO SEU MSN!” Meu tempo é muito precioso para perder com essas “viagens”, além de ser um acinte a minha inteligência. Não pense o amigo que sou ingênuo. Sei muito bem que Dilma não é a reencarnação de Madre Teresa de Calcutá. Estou ciente, também, que o PT não é um Jardim de Infância, cheio de anjinhos celestiais, batendo suas asinhas para lá e para cá. Acredito ainda que Lula está longe de ser o escolhido para dar continuidade ao legado de Ghandi e muito menos de Jesus Cristo. Mas convenhamos, e quem é??? Quem na política brasileira reúne predicados para reivindicar para si o papel do Messias? Ora, amigos, estamos diante de uma parábola do “Joio e o Trigo”, mas sem o trigo. Vale tudo para se chegar ao poder. Na realidade, as potestades e principados e todas as forças malignas não precisam que Dilma seja eleita para tomar conta do solo nacional, nem tão pouco Serra, pelo simples fato de já estarem agindo há muito tempo, não só através da política, mas de todos os segmentos da sociedade, inclusive, da “igreja”. O casamento gay e o aborto provavelmente serão legalizados, com ou sem Dilma, mais cedo ou mais tarde. As injustiças sociais, o crime, a pedofilia, a corrupção escancarada, a violência doméstica, tudo isso faz parte das conseqüências de uma sociedade que optou por viver sem a interferência divina. Cabe a nós, meros eleitores, como coadjuvantes do Juízo Final, termos discernimento, e porque não dizer, inteligência, para separarmos a política da politicagem, o político do politiqueiro. Há um ditado que diz: “nunca se mentiu tanto quanto antes das eleições, durante a guerra e depois da pescaria.” Sendo assim, que vença o menos ruim.


Rev. Emanuel Clementino de Almeida


___________________
Texto extraído do Blog PT Jovem
http://jovempt.blogspot.com

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails