"Acreditando na magia que existe na educação! Buscando ser a mudança que quero ver no mundo"!
CONTATOS: sunamitamagalialbuquerque@hotmail.com /sunamitanativaoliveira@gmail.com

segunda-feira, 6 de junho de 2011

UM DIA NO (DO/PARA) MEIO AMBIENTE!!

Grupo que participou da caminhada ecológica. Foto: Enaldo Lourenço (Boneco)

NÃO ENTENDEU? VAMOS DEVAGAR: 
UM DIA NO MEIO AMBIENTE; NO DIA DO MEIO AMBIENTE; UM DIA PARA O MEIO AMBIENTE! 
MELHOROU?!

Ontem, dia 05 de junho, comemorou-se em todo país, o Dia do Meio Ambiente. Esta data foi escolhida em 1972, em virtude de um encontro promovido pela ONU (Organização das Nações Unidas), a fim de tratar assuntos ambientais, que englobam o planeta, mais conhecido como conferência das Nações Unidas.
A conferência reuniu 113 países, além de 250 organizações não governamentais, onde a pauta principal abordava a degradação que o homem tem causado ao meio ambiente e os riscos para sua sobrevivência, onde a diversidade biológica deveria ser preservada acima de qualquer possibilidade (Fonte: Brasil Escola).
Aqui em Gravatá, por iniciativa da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, através do secretário Arãozito, foi realizada uma excursão ecológica aos resquícios de Mata Atlântica, nas matas de Brejo de altitude, no Engenho Jussará, próximo ao distrito de São Severino. 

O grupo foi formado por diversos representantes da sociedade gravataense. Pessoas esclarecidas e influentes, formadores de opinião, que engrossam a lista da chamada "elite pensante" de Gravatá. Além do secretário e de toda equipe da secretaria de meio ambiente, com destaque para Macione Pessoa, Baroni, Alex, Lívia, Maria, dentre outros, participaram da atividade o promotor público municipal, Dr. Fernando Tenório, o vereador Agostinho, o gerente do Banco do Brasil, Sr. Joselito, membros do CONDEMA, como D. Dapaz, o jornalista Claudio Castanha, responsável por um dos momentos mais emocionantes durante a trilha, relatando suas memórias e relação pessoal/espiritual com aquele lugar mágico, além do ecologista Sr. Mário, acompanhado de sua esposa, a Prof. Inélia, minha colega de profissão, administrador da Serra do Contente, uma RPPN que é orgulho para nosso município, o mateiro Sr. Miro, que compartilho conosco algumas experiências místicas vivenciadas por ele quando era caçador, e que o fizeram mudar de profissão, e os animados membros da equipe da Secretaria de Imprensa do município: Divino Sérgio (e seu inseparável microfone), Joelson Lima, Fábio Lima (câmera man) e o fotografo Ednaldo Lourenço - Boneco.

 A história que ele nos contou foi sobre "Comadre Fulorzinha", uma figura mitológica do nordeste, que protege os animais e a floresta contra caçadores. Essa história eu particularmente já havia escutado da minha avó, D. Josefina, e de meu avô, Sr. Emídio, que enquanto moravam no sítio, próximo ao distrito de Uruçu-Mirim, local onde desfrutei parte da minha infância. Lá, eles contaram que viviam enfrentando as peraltices da Comadre Fulorzinha, que dava nó da crina dos cavalos e surrava os cachorros com carrapicho (uma planta que tem as sementes com espinhos, que grudam na roupa e furam bastante). Há quem diga que o nó na crina dos cavalos é dado por um morcego enquanto suga o sangue dos animais, mas quem já viu cavalo mordido por morcego e trança feita por Comadre Fulorzinha, sabe o que estou falando. E não é conversa de caçador nem  de caipira. Quem tem uma relação de irmandade com a floresta, sabe a diferença.
Também participaram o jornalista e escritor Tomás de Aquino (do Blog Rota 232), Matuto e sua esposa Paula, do Blog do Matuto, além de representantes de ONGs, que, por problema de memória, peço perdão por não lembrar os nomes.

A intenção era aproximar diversos segmentos em prol de um único objetivo: PROMOVER E DIFUNDIR AÇÕES PARA PRESERVAR E PROTEGER AS MATAS DE GRAVATÁ, responsáveis diretas pelo clima ameno em nossa cidade e pelo abastecimento da água, cujas fontes tem suas nascentes naquela região.

Durante o percurso, nosso guia, o ambientalista Mário destacava as preciosidades daquele trecho da mata, com espécies centenárias, além da presença de várias espécies de orquídeas, plantas que só se desenvolvem em locais onde há equilibro ambiental, onde a natureza está preservada.

O trabalho que vem sendo realizado pelo município, através de projetos elaborados pela Secretaria de Meio Ambiente foram apresentados e destacados, como o "Cuidando das águas", que iniciou o replantio de espécies nativas nas cabeceiras das nascentes, com a produção de mudas no próprio local. O secretário Arãozito comunicou que entrou com uma solicitação nos órgãos responsáveis para tornar o Engenho Jussará, propriedade de sua família desde 1970, uma RPPN. No local, o secretário, que é agrônomo, possui uma plantação de flores, outra grande potencialidade do município de Gravatá.

Acreditamos que este foi um passo importante, mas que não deve findar por aqui. Aliás, diversos foram os apelos durante a caminhada, para que as divergências políticas, religiosas e pessoais fossem deixadas de lado, em prol dos nossos recursos naturais.

O dia terminou com uma deliciosa feijoada na casa do médico e ecologista Dr. Marcelo Mesel, acumputurista, que atende no PSF do Bairro Maria Auxiliadora em Gravatá, que nos acolheu juntamente com sua família. Durante o almoço, soubemos através da professora Inélia (esposa de Mário), que era o aniversário dele. Pronto. Ficou perfeito. Um ecologista/ambientalista fazendo aniversário no dia do meio ambiente. Podia ter nascido em dia melhor??Mais uma vez, parabéns Mário, não apenas pelo aniversário, mas pelo compromisso assumido com a natureza!

Além do presente de estar no meio da natureza, em uma de suas expressões mais singulares, fomos presenteados com 02 cordéis. Um, escrito por Mário e o outro por Tomás de Aquino. Apresentaremos breve os dois textos, em separado, na íntegra.

Da nossa parte, reiteramos nosso compromisso e apoio irrestrito com todas as partes envolvidas, a fim de que nossos filhos e nossos netos possam vivenciar momentos ímpares como o que nos foi ofertado ontem. Nossos sinceros agradecimentos a todos que deixaram suas casas e famílias em pleno dia de domingo, disponibilizando-se para este trabalho, e ao secretário Aaraõzito pelo convite e acolhida. Vamos em frente!!

À frente, Sr. Mário, administrador da RPPN Serra do Contente e conselheiro do CONDICA, seguido pela pequena Áurea e logo atrás, o mateiro, Sr. Miro.

Um encontro inesquecível: uma senhora com mais de 500 anos (estimados pelo caule, por ser uma árvore de lento crescimento): SUA MAJESTADE, A SAPUCAIA!
Sr. Miro, o mateiro, ex-caçador que se tornou protetor da natureza. Experiência e muita sabedoria,apesentando as orquídeas.
Jornalista Claudio Castanha: memórias, recordações = emoção.
Produção de crisântemos de Aarãozito: Belíssimas
Um momento de reverencia e tietagem no meio das flores(confesso: era louca para ver isso de perto!! É lindo!!)
As mudas de espécies nativas que irão reflorestar as cabeceiras das nascentes do brejo

FOTOS GENTILMENTE CEDIDAS PELA SECRETARIA DE IMPRENSA DE GRAVATÁ(SRA. ADRIANA)  IMAGENS: EDNALDO LOURENÇO: BONECO

MAIS IMAGENS NO ORKUT DA PROFESSORA SUNAMITA OLIVEIRA. VER TAMBÉM SITE DA PREFEITURA DE GRAVATÁ, BLOG DO CASTANHA E BLOG DO MATUTO.
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails