"Acreditando na magia que existe na educação! Buscando ser a mudança que quero ver no mundo"!
CONTATOS: sunamitamagalialbuquerque@hotmail.com /sunamitanativaoliveira@gmail.com

sábado, 21 de maio de 2011

GRAVATÁ AVANÇA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES SOBRE TEMÁTICA INDÍGENA

Cacique Marcos Xukuru discursa para o povo, na missa de Xicão

UM GRUPO DE 35 PROFESSORES PARTICIPOU ATIVAMENTE DO ÚLTIMO DIA DA XII ASSEMBLEIA XUKURU DO ORORUBÁ- PESQUEIRA/PE

No último dia 20 (sexta-feira) um grupo de professores gravataenses acompanhados da Profª Sunamita, foram até a TI Xukuru para participar da culminância da XII Assembleia, iniciada desde o dia 17.05.
O evento do dia 20 consiste na realização da Missa, na Aldeia Pedra D'Água, em memória do Cacique Xicão, assassinado em 1998, a mando de fazendeiros e políticos da região. A missa é um exemplo claro do sincretismo religioso presente entre os povos indígenas, especialmente no nordeste.
À tarde, por volta das 14h, o Cacique Marcos sobe na porteira que fica na entrada da Aldeia São José e conclama: "Digo ao povo que avance"! - Escuta de seu povo, em alta voz:-"Nós avançaremos"!


Pelas ruas de Pesqueira, rumo ao Bairro Xukuru, o Cacique ao lado das lideranças Xukuru, seguido por centenas de pessoas. (Foto: Prof. Manoel Mendonça)
Segue-se uma passeata, em ritmo acelerado, dançando e cantando músicas do Toré, por aproximadamente 08 km, até o Bairro Xukuru, onde o Cacique Xicão foi morto com vários disparos, em frente a casa de sua irmã.
São treze anos do assassinato e doze anos que o povo anualmente desce a Serra do Ororubá, gritando: "Acorda Pesqueira"! Esse grito, normalmente é dado por Agnaldo Xukuru, que também é vereador e coordenador geral das escolas indígenas no estado de Pernambuco, que vem à frente do microfone.

Agnaldo Xukuru lendo a Carta da XII Asembleia

Seguem-se discursos do padre, de alguns representantes de entidades como MST, o Pajé e o Cacique. É um momento de celebração e declaração de unidade do povo Xukuru em meio a dor  e as imensas lutas para garantir seu direito à terra, à vida.

Professoras de Gravatá com "Seu" Paulo, uma liderança Xukuru, na Aldeia Pedra D'Água, onde estão plantados os guerreiros e guerreiras Xukuru

Embora o grupo de professores que participou desse momento importante da vida do povo Xukuru pareça pequeno, representa um avanço imenso. Em 2010, 15 professores saíram de Gravatá para participar da XI Assembleia. Apenas 04 chegaram até o final, sendo que, o único trecho feito a pé foi a passeata, no horário da tarde, que não foi vivenciada por 11 professores que se ausentaram da aldeia.
Este ano, todos os 35 professores, subiram a pé um trecho de 4 km, da aldeia São José até a aldeia Pedra D'Água, por dentro de mato, enfrentando lama, escorregões e tudo que a natureza fartamente proporciona. Fomos agraciados com o sol, felizmente.
No retorno da missa, mais 4 km de volta até o ônibus que nos levou para almoçar em Cimbres e nos fez perder a saída da passeata. Seguimos um trecho no ônibus, e acompanhamos a passeata, correndo atrás do povo, literalmente.
Chegamos completamente exauridos, mas plenamente agraciados pela experiência adquirida. pelo que pudemos ver e ouvir, pelo que sentimos.
Apesar das bolhas e fortes dores nas pernas, meu coração está saltitante. Particularmente, quero parabenizar cada um dos meus colegas professores, que superou os limites do próprio corpo, para participar de um momento tão especial da luta do povo Xukuru.

PARABÉNS PROFESSORES:

- MARIA MADALENA LOPES
- VANESA PEREIRA DOS SANTOS
- VANUZA PEREIRA DOS SANTOS
- WEDJA MARCIELE DE ALMEIDA
- JUSSARA MARTINS DE SOUZA
- MARIA ROSELY BEZERRA
-LIGILVÂNIA BARBOSA DA SILVA
-MARIA DO CARMO LOPES
- CÍCERO AMARO DE LIMA
-LÚCIA HELENA DOS SANTOS SILVA
- LUCÉLIA DA SILVA PEREIRA
- LENILSON BATISTA DE LIMA
- LIVÂNIA CRISTINA TEIXEIRA
- SANDRA PEREIRA DA SILVA
- LÚCIA MÉRCIA BARRETO
- MARCOS ALVES DE ALBUQUERQUE
- OTONI BELARMINO DE MELO
- RAQUEL FLORENTINO DE MELO
- ISANA LUCILENE FONSECA
- MANOEL MENDONÇA SILVA
- CIBELLE OLIVEIRA DE CARVALHO
- JOSÉ EDILSON DE SANTANA
- MARIA JOSÉ DA SILVA
- ROSA MARIA SANTOS
- GEÓRGIA SILVA
- MARIA JOSENILDA DA SILVA
- MARIA VALQUÉCIA SEVERO
- ANDRESA SALES DE SOUZA
- ANA LÚCIA DA SILVA
- JOSÉ SANTOS HONORATO
- ANTONIO SABINO DA SILVA
- MACIKELLE MARIA DOS SANTOS
- JURACÍ SILVA


AGRADECIMENTOS:

À SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE GRAVATÁ, NA PESSOA DA SECRETÁRIA MARIA DAPAZ, POR POSSIBILITAR ESTA RICA EXPERIÊNCIA QUE CERTAMENTE, CONTRIBUIRÁ PARA A IMPLEMENTAÇÃO DA LEI 11.645/08 EM NOSSO MUNICÍPIO.
A SECRATÁRIA ADJUNTA, MARIA JOSÉ E A DIRETORA DE ENSINO SANDRA MORAES PELO APOIO.
AS DIRETORAS DAS ESCOLAS PELO INCENTIVO E LIBERAÇÃO DOS EDUCADORES PARTICIPANTES, CUJAS ESCOLAS DESTACO AGORA:


- ESCOLA CAPITÃO JOSÉ PRIMO - 11 PROFESSORES

- ESCOLA IRMÃ JUDITH - 02 PROFESSORES

- ESCOLA MUNICIPAL JOHN KENNEDY - 05 PROFESSORES

-ESCOLA EDGAR NUNES BATISTA - 02 PROFESSORES

- ESCOLA CÔNEGO EUGÊNIO VILLA NOVA - 01 PROFESSOR

- ESCOLA MANOEL FRANCISCO - 01 PROFESSOR

- ESCOLA INT. D. PAULO HIPÓLITO DE SOUZA LIBÓRIO - 03 PROFESSORES

- ESCOLA INÁCIO SATURNINO - 01 PROFESSOR

- ESCOLA ESCOLA MONS. JOSÉ ELIAS DE ALMEIDA(CAIC) - 02 PROFESSORES

- SECRETARIA DE EDUCAÇÃO - 02 COORDENADORAS PEDAGÓGICAS


Pelas ruas de Pesqueira, o protesto do Povo Xukuru (Fotos: Prof. Manoel Mendonça)

Chegando a aldeia Pedra D'Água. Professores: Raquel(blusa vermelha), Edilson, Geórgia, Marcos e Lúcia





De camisa vermelha listrada, Prof. Sabino
Professoras: Madalena, Rosa, Josenilda, Lúcia e Jurací

Da esquerda para a direita: Edilson, Nalva, Lenison Batista, Cibelle e Manoel Mendonça- professores/heróis - 16 km de caminhada!!

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails