"Acreditando na magia que existe na educação! Buscando ser a mudança que quero ver no mundo"!
CONTATOS: sunamitamagalialbuquerque@hotmail.com /sunamitanativaoliveira@gmail.com

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Festa dos Sonhos: professora faz campanha via redes sociais e mobiliza famosos e anônimos, doadores até da Dinamarca e do Canadá para realizar festa para alunos





Evento contemplou  mais de 150  crianças que moram na periferia de Gravatá   

 Por Eliane Macedo (Jornalista, ex-assessora de imprensa da Prefeitura de Gravatá-PE)

¬                Entre tantas polêmicas  sobre o papel dos professores e suas reinvindicações, uma educadora do Agreste de Pernambuco surge como uma referência de amor a profissão e no incentivo aos seus alunos na realização dos seus sonhos nesse mês da Criança. Por meio de mobilização via redes sociais ela conseguiu doações e promoveu no domingo, dia 20,  uma festa para mais de 150 alunos moradores do bairro Maria Auxiliadora, periferia da cidade de Gravatá. O evento, intitulado "Sonhar e brincar para a infância não se apagar”,  foi realizado no  Salão Paroquial, no Centro da cidade e mobilizou até gente conhecida  como o jogador Pipoka Vianna, parceiro de Oscar na seleção brasileira de basquete.

Conhecida pelas suas ações educativas interativas como a implantação de horta escolar e sistema de reeducação alimentar no semi-árido pernambucano e a promoção de aulas em locais históricos do Estado, a professora da rede municipal Sunamita Oliveira abraçou um novo desafio: promover uma festa de sonhos para os seus alunos, a maioria de baixa renda. A campanha começou pelo facebook e recebeu o apoio de amigos e amigas de diversos segmentos da sociedade gravataense, bem como os amigos virtuais da professora, que se sensibilizaram com a causa e abraçaram a idéia.

Embalada pela temática da festa  "Sonhar e brincar para a infância não se apagar",  ela se mobilizou para conseguir fantasias de príncipes e princesas para as crianças, que habitam o Bairro Maria Auxiliadora, conhecido pelos altos índices de violência e tráfico de drogas. “Buscamos a ajuda para que nossas crianças, neste dia, recebessem um tratamento diferenciado, e fossem o centro das atenções por um motivo nobre. Não pretendemos usar de nenhuma utopia com o formato dessa festa mas, se fosse... não precisamos nós mesmos, adultos, de utopias?”, afirmou.

Ela recebeu fantasias de moradores da cidade Gravatá, de São Paulo, Recife e até da Dinamarca e do Canadá. E ainda envolveu promotores públicos, empresários, jornalistas, procuradores, advogados, anônimos e famosos. “Nosso intuito é fazer com que as crianças não percam a capacidade de sonhar! Que elas não deixem de acreditar nas fantasias, nos contos de fadas, em virtude de suas duras realidades. Queremos propiciar-lhes alegria, pois acreditamos que crianças felizes, tornam-se adultos equilibrados”, disse a professora que é graduada em pedagogia e cursa especialização stricto sensu na Universidad Americana, em Assunção – Paraguai, com pesquisa voltada para a Educação Indígena. 

O evento foi uma idealização  da ONG Casa de Sonhos e Esperança Maria Auxiliadora - CASEMA, da qual, a professora é presidente, juntamente com  a ACS Fatima Aguiar, D. Nevinha Ferreira, Lucia Aguiar... e contou com a participação especial do Coral Maria de Nazaré, do Centro Espírita Enviados de Jesus, do Grupo de Teatro ICETAG, com os palhaços Patati e Patatá em pernas-de-pau, do Prof. Carlos Fester (Prof. Carlão), com música, show de mágica, brincadeiras e distribuição de brinquedos para todas as crianças.
  


Prof. Carlão e o Coral Maria de Nazaré

Pernas-de-pau do Grupo de Teatro ICETAG.


Dra. Fernanda Nóbrega e sua afilhada temporária, Princesa Beatriz.


Adoçando ainda mais nossa festa, Kayte Festas, com Pipoca e Algodão doce para as crianças!





Delma Cristóvam e seu afilhado temporário - Príncipe Cícero.




Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails